Guia simples para destacar seu currículo no mercado de trabalho



Sabemos que a situação do país não é das melhores, e como uma das principais consequências ocasionadas por essa crise podemos citar o desemprego, que vem assombrando a vida de milhões de brasileiros todos os anos.


Com isso, a concorrência no mercado de trabalho se torna cada vez maior e a chance de alcançar aquela tão esperada vaga parece cada vez mais distante.


Mediante a tantos fatores, é fundamental se destacar entre os candidatos.

Mas, como fazemos isso?


Com um bom currículo.


A montagem do seu perfil profissional é uma das partes mais importantes na busca de uma nova oportunidade. Mesmo sendo um fator de destaque muitos candidatos pecam em sua montagem. Alguns erram por falta de informação, outros por excesso de informação etc. Mas em fator geral, o que é preciso definir para a montagem um bom currículo?


Não há uma resposta direta para essa pergunta.


Cada ocasião é um caso diferente, e varia muito para o perfil da vaga e da empresa á qual você está enviando seu currículo. Entretanto, ainda existem alguns estereótipos (que deveriam e vão ser quebrados no futuro) que o mercado segue.


Quer alguns exemplos?

Para uma vaga na área de comunicação, é essencial que seu currículo transmita a essência da área, então um layout bem feito, criativo, colorido, com elementos gráficos e uma linguagem mais leve é visto de bom grado para as empresas de publicidade.


Entretanto, se sua escolha é uma vaga mais formal, como por exemplo: Uma vaga bancaria ou em um escritório de advocacia, o certo é apostar em currículos mais formais, com um layout simples e uma cor neutra.


Mas em geral, todo bom currículo deve considerar algumas regrinhas e elementos essenciais, que vamos citar abaixo:


1. Layout


Não existe uma regra que define o melhor layout, como explicado acima vai depender sempre o perfil da vaga á qual está se escrevendo. nem sempre o mais bonito visualmente será o escolhido. Mas é importante que todos tenham uma linguagem certa, um visual limpo, organizado e com as 9informações distribuídas de maneira que facilite a leitura do empregador.


Use uma fonte simples, não coloque imagens e divida as informações em colunas. Dessa forma o texto fica melhor distribuído.


2. Não exagere


Priorize as informações indispensáveis sobre você. Por mais que sua trajetória seja grande, não há espaço suficiente para detalhar tudo, além de tornar o visual poluído. O entrevistador muitas vezes enxerga tais características de forma negativa e pode interpretar você como uma pessoa confusa e ''enchedora de linguiça''. O que é mal visto pelos Rh's.


Coloque apenas seus dados pessoais, sem exagero.

- Nome, telefone, e-mail e endereço já é mais que suficiente.


Em seguida capriche nas informações academias e formações em destaque, junto com suas experiências profissionais. (Lembrando, ambas devem ser relevantes e relacionadas com a área de atuação, pois caso contrario podem ser consideradas irrelevantes).


E por ultimo nessa primeira etapa: Capriche nas suas qualificações e referencias relevantes, caso possua.


3. Organize o espaço


Primeiramente: Dados pessoais sempre devem vir no topo. Dessa forma o leitor consegue identificar seu conato facilmente.


Segundamente: Não se esqueça de colocar tudo em ordem cronológica, que vá do ultimo para o primeiro acontecimento, pois é uma forma de organizar a trajetória do candidato.


Novamente, a organização do espaço depende do tipo de candidatura. Para uma vaga acadêmica, dedique mais espaço para a sua formação educacional e destaque os conhecimentos obtidos. Caso seja um cargo profissional, foque na sua bagagem e destaque suas experiências trabalhistas.


E por ultimo. cuidado com o tamanho. O ideal é que possua apenas uma página, mas se você garante que o conteúdo expresso na segunda é relevante, tudo bem. Mas não passe disso.


4. Não minta


Atualmente com a tecnologia que as empresas possuem, fica muito fácil identificar a autenticidade de uma informação, então além de não ser ético, mentir no seu currículo pode manchar a sua imagem perante a empresa.


Pensando nisso, utilize os espaços em branco para destacar seus objetivos, qualidades e experiências.


Tamanho não é documento, o que vale é a qualidade das linhas já existentes.


5. Revise


Parece obvio, mas muitos candidatos perdem a vaga por causa de um simples erro de português. Não há problema em errar, afinal isso é humano. Entretanto, quando se trata de uma disputa com outros participantes, qualquer erro pode ser motivo de desclassificação. Então, cheque todas as informações e corrija se necessário.



Seguindo essas regrinhas, o seu currículo vai se enquadrar no padrão de qualidade exigido pela maioria dos recrutadores, e sua chance de ser chamado(a) para uma segunda etapa do processo é maior.


Boa sorte.




1 visualização0 comentário